Saiba o que é crédito pessoal consignado e a sua evolução ao longo do tempo

Na hora de realizar um empréstimo, você conhece todas as opções disponíveis no mercado? Entre tantas possibilidades, o ​​crédito pessoal consignado é uma das melhores, devido ao baixo nível de juros

Afinal, na hora de contar com uma renda extra para quitar dívidas, avaliar quais opções as instituições financeiras oferecem é fundamental. Dessa forma, você realiza escolhas conscientes! 

Neste texto, é possível conferir o que é crédito pessoal consignado, quais suas taxas de juros, como esta modalidade de empréstimo evoluiu e quais as vantagens na contratação. Boa leitura! 

O que é crédito pessoal consignado?

O crédito pessoal consignado (ou apenas crédito consignado) é uma modalidade de empréstimo ligada à folha de pagamento. Assim, a instituição financeira consegue se resguardar e oferecer juros menores que outras opções do mercado

É comum, inclusive, que as taxas do crédito consignado variem de acordo com a instituição financeira. Por isso, confira junto à sua empresa quais as opções, para escolher aquela que possui mais benefícios! 

De acordo com a ​​Lei 10.820/2003, o valor solicitado como crédito não pode ultrapassar 35% da renda total, considerando descontos e outros empréstimos já realizados. 

É válido destacar que, oficialmente, não existe uma modalidade de crédito pessoal consignado. Esse é um nome popular para se referir ao crédito consignado privado, modalidade de empréstimo vinculado à folha de pagamento descrito. 

Quem pode solicitar crédito consignado?

O crédito consignado privado não está disponível para todas as pessoas. Existem grupos específicos que podem solicitá-lo, sendo eles: 

  • Funcionários públicos, sejam municipais, estaduais ou federais 
  • Aposentados e pensionistas do INSS 
  • Militares das Forças Armadas 
  • Colaboradores de empresas privadas, os quais são carteira assinada (CLT) 

Isso porque o crédito consignado é descontado automaticamente da folha de pagamento, de forma que é preciso receber salário para realizar o empréstimo. 

Existem, ainda, fatores para que as pessoas acima tenham o crédito consignado aprovado. São eles: 

  • Ter entre 18 e 80 anos 
  • Vínculo entre empresa ou INSS com a instituição financeira com a qual o consignado será solicitado 
  • Margem de crédito disponível 

Diferença entre crédito consignado e empréstimo pessoal

Agora que você já sabe o que é crédito consignado, é válido descobrir qual a diferença entre ele e o empréstimo pessoal! 

O crédito consignado privado tem suas parcelas descontadas da folha de pagamento e, por isso, depende de acordos realizados entre empresas, instituições financeiras e colaboradores. 

O empréstimo pessoal, por sua vez, é um acordo feito entre pessoas e instituições financeiras. Dessa forma, as parcelas serão pagas diretamente para os bancos. 

Enquanto o consignado possui um limite de 35% da renda para ser liberado, o empréstimo pessoal não possui teto de valor, desde que haja a liberação junto à instituição financeira. 

Como surgiu o crédito pessoal consignado?

O crédito pessoal consignado surgiu na década de 60, devido aos altos juros que eram cobrados em empréstimos, o que tornava a segunda opção inacessível para muitas pessoas. 

Dessa forma, as cooperativas de crédito começaram a disponibilizar consignados exclusivamente para aposentados e pensionistas do INSS. No entanto, a modalidade foi ganhando renome e se estendeu para funcionários públicos e pessoas CLT. 

O crédito é chamado de consignado devido ao significado do termo se referir a registro. Logo, é uma modalidade para pessoas registradas (ou que já foram um dia). 

Quais as mudanças na regulamentação do crédito consignado ao longo da história?

As ​​maiores mudanças no crédito pessoal consignado acontecem em cima da margem, que atualmente está estabelecida em 35% da renda prescrita em folha de pagamento, considerando descontos e outros empréstimos realizados. 

Além disso, as taxas de juros estão frequentemente variando, inclusive conforme a instituição financeira. Por isso, é válido ficar atento às opções, para escolher a melhor dada sua realidade! 

Outra alteração expressiva foi em relação ao prazo para concessão do cartão de crédito consignado, uma modalidade na qual o valor gasto no cartão é descontado da folha de pagamento.  

Desde 2018, ele só pode ser oferecido para aposentados e pensionistas do INSS depois de seis meses das pessoas recebendo seu salário.  

Outra mudança recai sobre a transparência nas informações do consignado, que passou a regularizar cláusulas e normas para contratação do crédito pessoal consignado. 

Dessa forma, tanto quem contrata o crédito quanto quem o oferece se resguardam legalmente de maneiras bem explicadas!  

Por fim, existem normas específicas de bloqueio do crédito consignado, principalmente para aposentados e pensionistas do INSS. 

Todas essas mudanças são uma forma de proteção, seja em relação a quem contrata ou a quem oferece o crédito pessoal consignado. Dessa forma, as pessoas possuem direitos oficiais. 

Como consumidores e instituições financeiras têm respondido a essas mudanças? 

No geral, tanto consumidores quanto instituições financeiras estão se beneficiando com as mudanças realizadas em cima do crédito consignado. 

​​​Segundo pesquisas, entre aposentados e pensionistas do INSS, o consignado teve um aumento de 40% no segundo semestre de 2023. 

Reflexo da queda das taxas de juros e da melhora na margem consignável, o benefício também está disponível para pessoas CLT e pode ser solicitado junto à empresa! 

Além disso, as leis e regulamentações constantemente atualizadas também garantem um crédito melhor e mais seguro para todas as pessoas. 

3 benefícios do crédito pessoal consignado na atualidade

Conhecendo o crédito pessoal consignado, seu funcionamento e as principais atualizações, é válido destacar ​​benefícios relevantes na hora de contratar a modalidade. Confira os principais! 

1. Melhores opções de taxas de juros

Além de serem mais baixas que outras modalidades de empréstimos, o crédito consignado possui taxas de juros pré-estabelecidas, que serão as mesmas até a quitação da dívida

Dessa forma, você evita juros elevados e consegue organizar sua vida financeira de maneira mais consciente. 

2. Mais tempo para quitar a dívida

As instituições financeiras podem oferecer até 120 meses para quitação da dívida. No entanto, essa escolha cabe a elas, de maneira que o prazo pode variar! 

3. Organização do pagamento

Tendo em mente que o crédito contratado será descontado diretamente da folha de pagamento, é possível organizar as finanças de uma forma mais orientada, evitando surpresas. 

Apenas lembre-se de atualizar o valor recebido no seu controle financeiro, pois o salário virá abaixo do acordado até a dívida ser quitada! 

Com o ​​MIXTRA, você consegue conferir, em apenas um lugar, quais instituições financeiras possuem vínculo com sua empresa, além de analisar as melhores taxas disponíveis, para optar pelas mais baixas.  

Dessa forma, você garante que contratará o melhor crédito pessoal consignado, realizando suas metas sem altas taxas. ​​Acesse o site e saiba mais

Equipe Mixtra

O MIXTRA é parte do Grupo DB1

Há mais de 20 anos trabalhando com expertise em tecnologia, o Grupo DB1 desenvolve soluções para os segmentos de e-commerce, de fintechs e de transformação digital.

Especialistas em automação e em inovação alinhadas à valorização de pessoas, o Grupo DB1 está há 12 anos sendo reconhecido pelo Great Place to Work dentro de diversas categorias.

Há dois anos consecutivos, o grupo é reconhecido como uma das empresas que mais crescem na América Latina pela Financial Times e conta, hoje, com mais de 800 colaboradores.
Maringá: +55 (44) 3033-6303

Avenida Carneiro Leão 563 Centro Empresarial Le Monde 2° andar sala 9, Maringá - PR CEP 87014-010

Assine nossa Newsletter

Ouvidoria:
ouvidoria@db1.com.br
Qualidade:
sgsi@consignet.com.br
Parceiros: